Quinta-feira, 29 de Junho de 2006

O tamanho não importa...

É dos que vive obcecado com o tamanho do pénis? Ainda continua a pensar que para se ser bom amante é preciso estar "bem equipado"?

Provavelmente não tem conhecimento deste dado, mas 75% das mulheres são clitorianas. Como calculamos que continua com a mesma ideia, vamos entrar no seu jogo: lance uma olhadela fugaz ao que lhe coube em sorte pela mãe natureza. É comprido? Curto? Grosso?

É mau ser-se pouco modesto, mas pior ainda é comparar-se às sequóias, porque de nada lhe adiantará. Tem que ser objectivo e isso significa medir o seu companheiro de armas.

Quando estiver na posse das verdadeiras dimensões, ensiná-lo-emos a maneira mais eficaz de fazer uso delas. Fácil, não é?

Auto-avaliação

A maior parte dos homens desconhece o tamanho do seu membro. Mais, os investigadores descobriram que muitos homens se subvalorizam nesse sentido, pensando que estão abaixo da média. Há mesmo casos de homens que pedem para ser operados quando se encontram dentro dos padrões normais.
No entanto, é unânime que não é tarefa fácil medir um pénis.

De facto, o brincalhão pode crescer ou minguar e esse factor pode pregar-lhe uma partida. Depois surgem as comparações, esquecendo-se de que quando está num balneário com outros homens, o pénis dos outros parece sempre maior porque o vê de perfil e, pelo contrário, você vê o seu de cima para baixo. Mas para tirar todos os complexo da cabeça, tente saber quais as suas medidas reais.

Para determinar o comprimento, o mais fácil é medi-lo em erecção, mas, já se sabe, isso nem sempre é possível. Pode também recorrer ao seu estado flácido e esticar o pénis ao máximo, medindo-o desde a base até à extremidade. No caso do perímetro, meça o contorno desde a base, em estado de erecção. Se quiser ser mais exacto e saber também qual o seu ângulo de erecção, apoie-se com as costas na parede e avalie o ângulo. Com um ângulo de erecção de zero graus, o pénis aponta para o chão. Com 90 graus, apontará directamente para a frente. Com 180 graus, o seu pénis ficará paralelo ao estômago.

Tudo isto está muito certo, pensa você, mas qual é a média do pénis do homem português?

Um estudo morfométrico peniano realizado em Portugal em 2000, pelo andrologista Dr. Nuno Monteiro Pereira, numa amostra de 498 homens entre os 18 e os 25 anos, demonstrou que a média do comprimento do pénis erecto é de 15,85 cm.
Quanto ao comprimento do pénis flácido, este fica-se pelos 9,86 cm e o perímetro (do pénis flácido) pelos 9,39 cm.

Sabendo qual é a média, fique agora a conhecer a tabela indicativa do comprimento em erecção: micropénis, inferior a 11 cm; pénis pequeno, entre 11 a 13 cm; pénis normal, entre 13 a 17 cm; pénis grande, entre 17 a 19,5 cm; e, por último, pénis muito grande cujo tamanho é superior a 19,5 cm.

15,85 cm: É a medida média do pénis dos portugueses

Ao invés do que a maioria das cabeças masculinas pensam, o sucesso de uma relação sexual não depende apenas do tamanho do pénis. O tamanho da vagina é também muito importante, quer em termos de profundidade quer de largura. "Embora a vagina seja elástica, a média é de 8 a 10 cm de profundidade", explica o andrologista.
Ou seja, para uma mulher com uma vagina média ou pequena, as relações sexuais podem ser bastante penosas se o homem tiver o tão ambicionado megapénis.

Comprimento COM erecção
É provável que você se considere um afortunado, mas isso não implica que a sua companheira partilhe da mesma opinião. Tal como já foi referido antes, de facto, muitas mulheres sofrem com os ímpetos selvagens no fundo da vagina durante as relações sexuais.

A partir de 17 cm

Pode recorrer à seguinte posição: deite--se de costas e deixe que ela fique por cima, apoiando os joelhos na cama. Para usar a extremidade do pénis, a mulher deve colocar os joelhos perto do seu corpo e fazer pressão delicadamente na ponta erecta. Se desejar uma sensação mais forte, deslizará com os joelhos para fora, baixando-se sobre si mesma.

Entre 13 a 17 cm
O homem que aprende a estimular uma mulher na zona de entrada da vagina, introduzindo e retirando o pénis, é considerado melhor amante do que aquele que utiliza o seu comprimento como se estivesse a prospectar petróleo.

A maior parte das terminações nervosas da vagina encontram-se no primeiro terço da mesma, pelo que a sua estimulação é muito agradável. E este truque é válido para todos os homens, independentemente do tamanho do seu membro.

Os homens com dimensões médias podem tentar melhorar a sua actuação nesta zona sensível, penetrando a mulher desde cima, enquanto ela permanece de costas com as pernas estendidas sobre a cama. Esta posição reduz a profundidade da penetração, impedindo que a pélvis se aproxime completamente (ideal para quem não segue os nossos conselhos de fitness).

Menos de 11 cm
Os homens que têm o pénis curto sentem-se, por vezes, decepcionados. No entanto, saiba que existem algumas vantagens e performances inacessíveis aos homens de pénis grande. "A elasticidade muscular da vagina permite-lhe adaptar-se perfeitamente a qualquer tamanho de pénis.

Por isso, o tamanho deste não influi proporcionalmente no prazer que a mulher recebe. Influi sim o grau de erecção alcançado e também as fantasias que nela possa despertar", conforme refere a escritora no seu livro "O novo Kamasutra ilustrado". "Ao contrário dos homens, ao longo das entrevistas que fiz a mulheres para os meus estudos, elas sempre afirmaram que não estavam preocupadas com o tamanho do pénis, mas sim com a virilidade do homem", refere Alicia G.

Tente a posição seguinte, recomendada pela escritora: "a mulher fica de costas, colocando uma almofada debaixo das nádegas para levantar o corpo e facilitar a penetração". Se não gosta do seu aspecto com a luz acesa e tem vergonha do tamanho, corte os pêlos púbicos. Com um bom corte, poderá recuperar alguns cm de aparência.

Aproveite os seus recursos
O mito de que os varões com o pénis muito grande satisfazem mais as mulheres não é verdadeiro. Pelo contrário, "o pénis exagerado é um problema. Se for em termos de largura torna-se mais problemático porque, nesse caso, a vagina tem de estar muito bem lubrificada.

No caso de ser muito comprido, normalmente acontece que o pénis não fica com erecção total podendo dobrar, o que se traduz em falta de prazer para o homem e para a mulher. Neste caso, aconselha-se uma anilha colocada no início da erecção para que o fluxo sanguíneo não se esvaia e desapareça a erecção", esclarece o andrologista Nuno Monteiro Pereira.

A corroborar esta afirmação, a escritora Alicia Gallotti, de passagem por Portugal para apresentar os seus mais recentes trabalhos, "Kamasutra para o Homem" e "Kamasutra para a Mulher", afirma: "causa mais problemas se o pénis for muito grande". Por isso, o melhor é libertar-se dessa insatisfação. "Se o homem se sente culpado por ter um pénis pequeno, então a relação sexual sairá mal.
Mas, se pelo contrário, procura caminhos para contornar essa situação, pode ser bastante feliz. Tal como diz aquela frase popular: "Mais vale pequeno e esforçado...", diz Alicia Gallotti, especializada em sexo e relações interpessoais.

Entre 13 a 17 cm é um pénis normal

Mais de 10,5 cm
Um pénis grosso utilizado de forma deficiente pode causar mais dissabores do que prazer. Para que isso não aconteça, preste de novo atenção às sábias palavras de Alicia Gallotti. "Há que recorrer à lubrificação e ter cuidado na penetração. No entanto, é menos complicado quando é muito grosso, porque a vagina tem elasticidade.

Contudo, convém que a vagina esteja sempre lubrificada. Quando o pénis é muito grosso, outro dos conselhos é, durante os preliminares, introduzir os dedos na vagina e estimular o clítoris, assim torna-se mais fácil".
Antes da penetração, lubrifique o pénis com um pouco de saliva ou com um dos múltiplos lubrificantes existentes no mercado.
Peça à sua companheira que o guie e siga devagar nas primeiras 10 ou 12 penetrações, ou corre o risco de apanhar um desgosto em vez de gozar um momento de prazer.

Até 8,5 cm
Os homens que têm o pénis estreito devem concentrar-se no contacto dos dois sexos. É provável que a mulher não note a diferença, mas talvez o homem sinta que não há pressão suficiente. "Se o pénis for muito fino, em vez de fazer movimentos de entrar e sair, deve fazer movimentos pendulares, enquanto a mulher tem de aprender a controlar os músculos púbico-cóccicos, fazendo movimentos de contracção e descontracção para dar mais prazer", aconselha Alicia Gallotti.

ângulo de erecção:
Quanto mais elevada for a inclinação do pénis, menos flexível será a erecção e mais cautela deverá ter quando estiver em acção. Evite grandes acrobacias durante as relações sexuais, sobretudo quando ela estiver por cima e fizer movimentos rotativos. Há fracturas que podem surgir que não dependem apenas da forma do pénis, mas da violência da penetração.

Superior a 90º

Explore a sua companheira utilizando as mãos e procure compreender a estrutura da sua vagina, porque nem todas são iguais. Se tiver um ângulo pronunciado, peça-lhe para se apoiar na cabeceira da cama para que seja mais fácil o alinhamento dos corpos.

Melhor. Caso o seu pénis erecto se curve ligeiramente para o tecto (ocorre em 25% dos casos), tem o instrumento perfeito para estimular o ponto G. Use a posição de missionário, mas mantenha a pélvis em baixo e faça penetrações pouco profundas. Os homens com o pénis muito angulado e maciço têm uma dupla vantagem: podem manter a glande nos primeiros centímetros sensíveis da vagina e, ao mesmo tempo, estimular o ponto G.

Menos de 90º
Se tem um ângulo de erecção baixo, não fique preocupado. Seja imaginativo e faça uso de posições que outros atletas do sexo já quiseram experimentar.
Por exemplo, sentem-se de frente um para o outro e depois estiquem--se para trás, unidos só pela pélvis. Procure posições estimulantes para si e agradáveis para a sua companheira.

Esquerdino ou destro
Se aponta ou curva para a direita ou para a esquerda, tem que ser cuidadoso durante o sexo. Ainda assim, Alicia Gallotti, tranquiliza: "assim como não há duas vaginas iguais é normal que os pénis também tenham diferenças.

É frequente o pénis ser inclinado, sobretudo no momento da erecção, contudo não provoca qualquer problema e com a fricção pode ser eficaz". Apenas se o pénis tiver uma curvatura acentuada pode ser muito desagradável para a sua companheira, especialmente no princípio do coito. Nestes casos, as posições laterais são bastante pertinentes. n

A verdade sobre o alongamento do pénis
Actualmente, existem vários métodos para ganhar alguns centímetros. Cirúrgicos ou não cirúrgicos, estes respondem ao drama de muitos homens. No campo dos não cirúrgicos, temos os dispositivos de erecção por vácuo, cujos resultados podem atingir um aumento entre 2 a 4 centímetros no comprimento, verificando-se também um acréscimo no perímetro.
A utilização é segura e serve de alternativa à cirurgia. Existem ainda as técnicas de tracção e extensão mecânica que levam a um aumento de 1 a 2 centímetros, como é o caso do extensor Penistrecher. Quando combinado com a cirurgia, o extensor metálico pode conseguir alongamentos de 4 a 8 cm. Nas técnicas cirúrgicas, existe a lipectomia prépubica, aplicada no caso dos homens obesos em que o excesso de gordura prépubica esconde o pénis, sendo necessária a remoção dessa gordura.

Há ainda outros métodos como a faloplastia de aumento, que designa a cirurgia cosmética, e a lipoescutura peniana, a técnica habitualmente utilizada para aumentar o perímetro peniano.
Ainda que os resultados possam parecer aliciantes, há que ter cuidado com os exageros. "Mais de 2 ou 3 centímetros de aumento provoca alguma perda de função", diz o Dr. Nuno Monteiro Pereira. E você não quer que isso aconteça, pois não? Ainda assim, o mais complicado são os casos dos homens com um pénis de tamanho normal que recorrem ao médico com a intenção de o aumentarem ainda mais.

Razões pelas quais um homem pretende um pénis maior:
Físicas ou psicológicas, as motivações principais são 7: Ter um micropénis ou um pénis pequeno, gerador de insatisfação e de baixa auto-estima, acompanhado, ou não, de dificuldade em estabelecer e manter um relacionamento sentimental e amoroso; Pretender melhorar a sua aparência, segundo a visão idealizada que têm de si próprios; Desejar aumentar o estímulo e sensação, seu ou da sua parceira, durante o coito; Razões profissionais, como no caso dos modelos, dançarinos, actores, prostitutos, etc.; Ter sofrido humilhação e ridicularização pela sua dimensão peniana, mesma que esta esteja objectivamente dentro dos padrões da normalidade; Rituais da homossexualidade; Sofrer de focalização peniana de uma perturbação corporal dismórfica.

retirado do estudo elaborado pelo Dr. Nuno Monteiro Pereira

publicado por GALLARDO às 23:07
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De anônimo a 18 de Junho de 2012 às 23:32
Tenho um penis que, quando está mole, tem 3 cm e, quando fica ereto, fica com 5,5 cm.

Não sei se o tamanho dele é considerado grande, pois quando faço sexo com minha namorada, ela goza horrores até quase desmaiar, além de ficar roca de tanto gritar.

Nunca comparei meu bilau com o dos outros homens, por isso eu pergunto: O meu pênis seria considerado grande de mais, visto a reação delirante de minha namorada?

Atenciosamente,
Anônimo
De João Cavalado a 18 de Junho de 2012 às 23:35
Caraca!!!

5,5 cm de puro carálio! Até eu, com meus 2,5 cm de bilau fiquei com inveja.

Tu deve ser uma máquina de prazer na cama, hein!!!

Parabéns.
João Cavalado
De Juliana a 22 de Novembro de 2012 às 16:24
Dois mentirosos, huahuahuahuhua.
De morenoAlto a 12 de Setembro de 2014 às 13:42
Sou homem tenho 39 anos, pois já sabido de todos os conceitos acadêmicos acerca de anatomia feminina e masculina, Apesar de ter tido diversos relacionamentos, ou até mesmo casado. passei por situações, digamos frustrante. mas isso é devido a minha estatura, sendo um homem de 188m de altura q apenas possui um pênis de 16cmx12cm de perímetro, pelo qual não se dá a medida exata de 4cm de diâmetro. Sei q sou um homem de dote normal proporcionalmente pequeno devido a minha altura, e com tudo isso me proporcionou ouvir comentários desagradáveis durante minhas experiências com minhas parceiras, mas eu não dava a mínima importância, apenas um dia me abolou psicologicamente. foi quando e já estava casado e minha esposa começou a fazer piadinhas, as quais nos levou a separação....Mas confesso que ainda me vem uma certa insegurança. mas isso não é com frequência....

Comentar post

.*********

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. TENHO ESSE DIREITO!!!!

. O tamanho não importa...

. VIVA PORTUGAL!!!!!!

. APOIO À SELECÇÃO NACIONAL

. VAI COMEÇAR A FIESTA!!!

.arquivos

. Julho 2006

. Junho 2006

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds